Doce branco

| 4 Comments

Naquele dia em que saí da casa de meus Pais!…
Apreensiva, duvidosa, nervosa, como uma rosa a desabrochar.

Foi um passo que para mim parecia ter o tamanho do Mundo. Talvez porque o meu Mundo, em certos aspetos me parecia pequeno e não caberia mais dentro dele.

E… num lusco-fusco, rocei de mansinho meus dedos num teclado de órgão de Catedral, tocando uma marcha nupcial. Enquanto o órgão a doce queixa exalava, divina e triste, e “alegre”.

Senti-me como donzela virgem e pura, esperando um “sapo” para eu transformar em príncipe.

E… com tanta luz que me cegava, veio para mim, da escuridão da sala, um Doce Branco no centro da mesa, que todos, um a um, cortaram às fatias.

(Gracinha Figueiredo)

4 Comments

  1. Gracinha, como eu me revejo nas palavras que escreveste!
    Como tu, muitas mulheres da nossa geração, fugiam de uma gaiola e metiam-se noutra.
    Dourada, bonita, reluzente, como as nossas ilusões. Mas o tempo tornou-a escura, baça e desgastada.
    Só ALGUMAS de nós conseguem continuar a ver a beleza efémera das grades que tantas vezes nos anulam.
    Como chegàmos até aqui, vamos conseguir chegar à “meta”.
    Beijinhos amiga

    • Obrigada Minha querida e “velha” AMIGA. O nosso tempo foi outro tempo!! Foi um tempo bem diferente, graças a Deus do tempo das nossas Filhas. Hoje, já com os olhos mais abertos e mais libertas de responsabilidades, verificamos que já não temos tempo…… Vamos vivendo ainda de sonhos e de ilusões. Porque no dia em que deixarmos de sonhar, é tempo de partir. Obrigada pelo teu comentário.

  2. Obrigada, Gracinha, por mais este artigo. Foi, com certeza, um passo importante na tua vida… E se dura até aos dias de hoje, é bonito. Um beijo grande e continua a mandar os teus pensamentos.

  3. Mana!… Sei que estavas apreensiva naquele dia, naquele passo, numa busca de uma vida nova, que a outra te limitava.
    Não foi bem um conto de fadas, com cisnes brancos, nem doces brancos. Mas sim uma luta para sobreviveres, à qual tens aguentado com muita CORAGEM.

Deixe uma resposta

Required fields are marked *.