29 de Janeiro de 2014
by Salvina
6 Comments

O abraço

Ando há dias a pensar no abraço. Não o abraço circunstancial, não o abraço de palmadinhas nas costas, mas no abraço que abraça, que aconchega, que conforta, que protege, que ajuda, que alivia… Não há nada que substitua um abraço, … Continue reading

24 de Janeiro de 2014
by Miguel
5 Comments

Quando os homens choram

Foi imposto (ou chorar, pois serão vistos como fracos, sem poder de liderança, uns «maricas», não suficientemente «machos» para a sociedade. Será que só podem chorar quando morre um Eusébio, uma Amália, ou eventualmente a sua mãe? As mulheres sim!… … Continue reading

10 de Janeiro de 2014
by Salvina
8 Comments

Novo Ano

Embora me sentisse um pouco adoentada, distraíram-me com karaoke até  à passagem de um ano para o outro. Tinha preparado um “jantarinho melhorado”, como aliás faço todos os anos, para podermos despedir-nos do ano velho com a certeza e a … Continue reading

6 de Janeiro de 2014
by Miguel
4 Comments

Não quero!

Não quero essa espada que me enlaça, nem a mágoa que me abraça. Não quero o punhal que me trespassa, nem o tempo parado que não passa. Não quero noites turvas ecléticas, nem manhãs claras assimétricas. Não quero o tempo … Continue reading