Epitáfio

| 4 Comments

É preciso viver para dizer adeus!…
Tive um amigo com defeitos e qualidades, um poeta, um sonhador, com todas as utopias.
«Era como estar na cama com ele, trocando beijos de amor, sonhando sonhos adiados»
Partiste… eu sei!.. Mas deixo-te como homenagem numa lápide de pedra gravada, (como dura é a minha dor).
Aprendi tudo o que me ensinaste. E… para te dizer que os sonhos continuam, para haver um Mundo melhor.
Tu que lutaste, e foste torturado por essa causa…
Só te quero dizer, que vou continuar o SONHO até ao meu FINAL.

… os sonhos mais lindos, sonhei
De quimeras mil um castelo ergui
E no teu olhar tonto de emoção
Com sofreguidão mil venturas previ…

4 Comments

  1. Tens razão! (as pessoas só morem quando nos esquecemos delas)
    «Obrigado»

  2. Meu amigo,
    As pessoas só morrem quando nos esquecemos delas.
    Mas há algumas que conseguem libertar-se da lei da morte (como dizia o nosso poeta maior) e essas ficam para sempre no nosso coração.
    Beijos

Deixar uma resposta

Required fields are marked *.