Cansaço

| 2 Comments

Cansei de não ter sonhos sonhados,
De pesadelos adiados
E de dias mal fadados.

Cansei de ver a espuma do mar,
Dia a dia, ano a ano,
De deixar de te amar
Sem entrar num Oceano.

Cansei das propostas impostas
Que fazem minha alma às postas,
Do segredo consentido…
Que não faz nenhum sentido!

2 Comments

  1. O poeta é um fingidor,
    finge tão constantemente
    que chega a fingir que é dor
    a dor que deveras sente.

    Fernando Pessoa. (OBRIGADO)

  2. Bonito e profundo!

Deixar uma resposta

Required fields are marked *.