Hipérbole

| 0 comments

Drini-conjugatehyperbolasSerá que as nossas vidas, a nossa existência, não é apenas um círculo que dá uma volta completa, ficando tudo no mesmo ponto de partida?

Nascemos, vivemos, morremos, com uma distância entre três pontos com um eixo tranversal.

Isso fará uma hipérbole, que não é uma parabólica, que existe no universo para situar todos os corpos celestes num caos equilibrado. A hipérbole, será a expressão de modo a definir de forma dramática, ou transmitir uma ideia aumentada do autêntico do (real)? Ou um arranjo linguístico que usa uma expressão exagerada da naturesa das coisas, ou um recurso usado naturalmente pelos poetas? Sei lá!?…

Com tanta geometria descritiva não sei onde ponho o nosso sentir, a nossa vida, o nosso existir, a nossa essência.

Nas tantas voltas que tiver que dar, haverá um fim ou um início?

Pobres mortais que não entendemos nada!…

Ou a vida será apenas uma espiral???

Deixe uma resposta

Required fields are marked *.