O Meu Universo Encantado

| 5 Comments

Para que não restem quaisquer tipo de dúvidas, não me considero uma pessoa pretensiosa (muito pelo contrário), mas gostaria de ter sido actriz. Tinha algum jeito! A minha mãe inscreveu-me no Conservatório, mas foi sol de pouca dura. Naqueles tempos, um pai severo considerou que actriz não seria uma profissão digna de mulher honrada.

E ainda bem! Porque para conseguir ser realmente boa na arte de representar, teria que ter estudado no estrangeiro onde o teatro e o cinema são levados realmente a sério.

E qual a razão que me leva a escrever este desabafo (afinal é disto que se trata). Porque o cinema é uma extensão de mim, nasceu comigo e acreditem que não se trata de um eufemismo. Foi através dele que descobri um universo encantado onde tenho vivido os melhores tempos da minha vida! E não estou a brincar!

O que pretendo transmitir  é algo de muito simples. Não lido bem com a perda (acho que ninguém). Assim, quando alguém que admiro, oriundo da sétima arte, parte, deprimo-me até às últimas. A emoção leva a melhor, sofro e comovo-me até às lágrimas.

E qual a razão para este desespero?

Porque considero-os meus “amigos”.
Porque fazem parte da minha “família”.
Porque esta é a minha forma de estar na vida!

Paramount_cinema

5 Comments

  1. Qualquer filme transmite uma ideia, um pensamento, uma forma de vida, um sonho, um ideal… seja lá o que for. É realmente um universo encantado e encantatório. Sei que o vives, que observas os intervenientes, que pensas no tema, que te envolves com a música, com o desempenho de realizador(es) e actores. Para ti o cinema não é mera ficção: faz-te feliz, torna-te triste, maravilha-te ou desencanta-te. Agora percebo porquê!
    Um beijo grande.

  2. Eu já te enviei um «comentário» …..
    Mas… continuas com (zero comentários)??? aqui
    Não sei o que pode estar mal!???…

    • Já li comentários que fizeste a alguns dos meus textos e o contrário também se aplica.
      Agradeço, uma vez mais, a tua generosidade. O Tri-Ângulo é um espaço onde me sinto
      em casa.

  3. É pena eu não te conhecer pessoalmente!…
    Assim…. Poderia comentar as «coisas» mais (afirmativamente).
    Embora ache que tu és uma pessoa (para mim) , que deveria conhecer…..

Deixar uma resposta

Required fields are marked *.