Um Encontro Imprevisível

| 0 comments

Não sei como aconteceu este encontro imprevisível. O meu sobrinho, Manel, com 14 anos, é um rapaz fora de série. Ao longo dos anos, as ausências foram a nossa realidade e, embora, distantes, algo nos unia de uma forma inexplicável. Alguns afirmarão que os laços de sangue são fundamentais e que este factor acaba por influenciar inevitavelmente as ligações afectivas. Pois, enganem-se. Não acredito totalmente nesta premissa. A família é muito importante, mas o que realmente importa são aqueles que escolhemos. Esses são verdadeiramente nossos.

E, para surpresa minha, ou não, descobri, há cerca de cinco meses, que eu e o Manel temos uma paixão em comum, o cinema. Apercebi-me que, tal como eu, o Manel, imergiu muito cedo no universo da sétima arte, tornando-se numa obsessão, quase alienação… e que, segundo o próprio, esta deveria ser considerada “a primeira arte”. Subscrevo na íntegra!

Assim, resolvi lançar um repto ao meu sobrinho: criar um blogue sobre cinema (que aceitou sem hesitações), em que iremos viajar de todas as formas possíveis por um mundo que ambos conhecemos, gostamos, e no qual vivemos as maiores e melhores aventuras das nossas vidas. E foram tantas…

Esta é a nossa forma de estar na vida. Esta é a nossa a arte! Este é o nosso refúgio! Não restam dúvidas que esta será uma experiência inesquecível, já que neste nosso espaço somos todos “Goodfellas”.

ManelGuigui

Deixe uma resposta

Required fields are marked *.