O som do silêncio

| 0 comments

janelaEle entrou!… Ou já cá estava?.. Um silêncio tão silencioso que nem o gato mia nem o passarinho pia nem o rumor do vento se anuncia.
Tão devagarinho que não o notei, não escutei nada, simplesmente foi entrando, invadindo a minha solidão. É como uma página ou uma tela em branco, onde escrevo os poemas mais doloridos, pinto quadros com cores esbatidas e até vibrantes, sinto um som de piano teclado com paixão, como uma sonata de Chopin, vindo assim um som dentro do silêncio, uma luz de estrelas brilhantes e todos os sussurros do universo.
Aí!… Vou aprendendo a escutar  o silêncio…

Deixar uma resposta

Required fields are marked *.