24 de Maio de 2018
by Salvina
2 Comments

Imigrante

Está ali uma árvore: um abacateiro. Não é árvore desta terra, bem se vê. Está só. Não tem irmãs nem irmãos, nem qualquer árvore da sua espécie por perto. Vejo-lhe uma visita: um melro, pássaro preto, a cantar num dos … Continue reading

7 de Maio de 2018
by Salvina
0 comments

Pardais em Lisboa

Ontem, ao final da tarde, senti o pulsar de Lisboa numa esplanada da Rua dos Bacalhoeiros, junto à Casa dos Bicos (Fundação José Saramago), a beber coca-cola e a ouvir o chilrear dos pardais. Pardais em Lisboa? Há-os aos montes. … Continue reading