Amor fantasma

Imagem retirada de www.linkmesh.com

Amores vividos, amores perdidos. amores esquecidos…
Como breve são os dias
Guardados em silêncio
A vida assim o quer…
Ou tu !
Meu amor fantasma?
Tu vais e voltas sem eu esperar que voltes…
Sinto a força de um abraço, um beijo com sabor a tempo em que eu navegava nas águas da emoção.
Só não quero perder mais uma vez, nem ganhar a que não tenho direito.
Não quero ter de viver e sofrer os momentos mais difíceis da minha história.
Só quero que tu “Fantasma” sejas mestre do  amor que me ensine que a vida é mais e maior, que o espetáculo da existência.
Só não quero perder mais novamente, tendo forças, compreender e ter esperança.
Tudo o que quiseres “Amor Fantasma” !
Eu  estou aqui para te entender…
Sou como as espadas que brilham no ardor indivisível dos dias, da vida e dos sonhos.

Gracinha Figueiredo

4 Comments

  1. Obrigada Priminha por teres gostado,Bjs

  2. Tem razão Jaime.Temos sempre que nos agarrar a qualquer coisa,como náufragos que somos……

  3. Todos nos tivemos ou temos os nossos fantasmas…daquelas que nao assombram ninguem, antes pelo contrario!!! Os meus intercedem junto do meu anjo da guarda para que a vida me seja o mais suportavel possivel! Gosto de acreditar que assim e…

  4. Gostei do teu poema!É lindo priminha!

Deixar uma resposta

Required fields are marked *.